Certamente você já precisou fazer algum serviço elétrico ou de manutenção em sua casa? Então te pergunto, você já teve problemas com a aquisição de materiais elétricos?

Problemas como aquisição de materiais e componentes incorretos, excessos de materiais ou de má qualidade? Provavelmente sim e você já deve ter percebido quanto isto pode fazer você ter gastos desnecessários…

Certamente o eletricista fez uma lista de material e quantidades, e então você foi ás compras.

Porém, quando o assunto é eletricidade, o cliente pode ser leigo no assunto e se perder na hora de comprar estes materiais é normal, o problema é quando decidimos fazer uma certa “economia” que normalmente interfere diretamente na qualidade da instalação e na segurança.

Nestas situações, não tem como cobrar do cliente que ele compre materiais de qualidade, pois ele é leigo no assunto e pode não entender as informações técnicas e de segurança destes produtos.

Então, como garantir a qualidade e segurança de sua instalação elétrica já no momento da aquisição dos materiais elétricos?

É exatamente isso que vamos abordar nos próximos parágrafos…

Como garantir a qualidade e segurança da sua instalação elétrica na compra dos materiais elétricos?

O que fazer para que a qualidade e segurança da sua instalação elétrica não se percam no meio do caminho?

Neste artigo você vai entender exatamente o que fazer para garantir que seu eletricista seja seu braço direito na hora de escolher estes materiais elétricos.

E se você é um eletricista, falaremos sobre como explicar, que argumentos usar com seu cliente para ele entender que a melhor opção neste caso é você, eletricista, comprar os materiais elétricos da instalação.

Qual a importância do eletricista comprar os materiais elétricos?

Alguns pontos importantes que devem ser priorizados na instalação elétrica são: segurança e aplicação.

Temos alguns dados que são determinados através de cálculos e de normas de instalações elétricas, estes dados determinam qual material elétrico que deve ser usado na instalação.

Por exemplo, foi calculado o uso de uma tomada de 127V 20A, e o cliente por alguma razão, ou estética ou econômica, acabou optando por comprar uma tomada de 10A.

Mas para garantir a segurança da instalação elétrica e dos moradores, é preciso ser dimensionado estes equipamentos elétricos.

Existe uma razão bem plausível para que as tomadas elétricas sejam de 20A, e não é aconselhável em hipótese alguma que isto seja mudado apenas por uma razão estética ou econômica.

Ou até mesmo quando o cliente vê a quantidade de tomadas que o eletricista colocou na lista e pensa:
“Ah não…. 20 tomadas, são muitas tomadas…. vou comprar só 15 e economizar. Vou utilizar benjamins”

É bastante comum também ver residências com a quantidade de tomadas subdimensionadas, existem muitos equipamentos para poucas tomadas, é onde entram os benjamins. O que também não é indicado.

Muitas vezes o cliente não tem conhecimento suficiente para escolher entre um material e outro, ele não tem conhecimento adequado para determinar se ele pode ou não usar determinado componente com determinada especificação ou não.

Ele não tem embasamento técnico, conhecimento técnico para decidir qual o melhor componente ele deve comprar ou não. Geralmente os clientes têm o foco no preço e na estética do produto.

E é neste momento que se faz necessário o eletricista, para além de executar uma boa instalação, cuidar para que os materiais elétricos a serem utilizados sejam seguros e tecnicamente corretos.

A grosso modo, podemos dizer que o cliente tem o foco no preço e na parte estética e o eletricista tem foco na parte funcional, qualidade e segurança.

Por este motivo, o foco do cliente e o foco do eletricista devem estar juntos, sendo parceiros. Desta forma, o cliente vai ter uma instalação elétrica eficiente, bonita e segura e o Eletricista Autônomo conseguirá fazer um trabalho bom e seguro.

4 Motivos pelos quais o eletricista deve ser o responsável pela aquisição dos materiais elétricos da sua instalação elétrica:

Se ainda não ficou suficientemente claro para você que é o eletricista que deve ser o responsável pela aquisição dos materiais elétricos, então vamos lá, vou “exterminar” suas dúvidas com estes 4 motivos:

1º) O Profissional Eletricista conhece os equipamentos elétricos

Uma das vantagens de deixar o profissional eletricista comprar os materiais elétricos é que ele tem o conhecimento e ponto.

Ele sabe dizer qual produto tem um custo justo, o melhor custo benefício, qual tem maior qualidade e principalmente, sabe qual é o mais seguro para aquela instalação.

E o melhor de tudo, ele sabe exatamente qual produto comprar, principalmente em casos em que se faz necessário fazer uma substituição.

Por exemplo, caso o eletricista chegue no local e não tenha um determinado produto, um disjuntor por exemplo, o que o cliente faria?!

Provavelmente compraria um outro produto que o vendedor (que nem sempre conhece) indicaria, mas que na maioria das vezes não é o indicado.

Já o eletricista, ele certamente sabe qual outro disjuntor ele pode comprar sem que existam impactos na instalação.

Ele vai comprar um componente com a mesma especificação técnica do que ele mesmo havia indicado.

Isso lhe trará, mais segurança e confiabilidade técnica em sua instalação elétrica.

Vamos para o segundo motivo…

2º) O eletricista tem parceria com fornecedores de materiais elétricos confiáveis e seguros

Assim como em outras profissões, os eletricistas também precisam se atualizar constantemente e a todo momento são lançados no mercado novos produtos com foco na redução de consumo de energia, segurança e tecnológicos. Esta necessidade faz com que os eletricistas sempre estejam por dentro de novidades do mercado, uma fonte confiável de novos conhecimentos e atualização profissional é o Portal do Parceiro da Schneider. Fica a Dica 😉

Esta necessidade de atualização faz com que o eletricista crie relacionamento com fornecedores (como a Schneider Electric) e distribuidores, estes relacionamentos permite que o eletricista consiga, por exemplo, descontos em materiais elétricos de qualidade e seguros.

Então além de ter uma instalação elétrica segura, e atual, o cliente ainda poderá conseguir algum descontinho aí, bom né?

A seguir o terceiro motivo que vai garantir sua segurança e também economia…

3º Consegue fazer substituições de materiais elétricos que realmente são econômicas e seguras

Quando se faz uma reforma, seja ela geral ou apenas parte de uma instalação elétrica, o objetivo é sempre economizar.

Mas como podemos fazer isto adquirindo material elétrico de qualidade?

Geralmente quando o cliente vai comprar o material elétrico o foco dele é o preço e a estética, mas como já dito antes, nem sempre o mais barato é o mais indicado e mais barato de fato.

Muitas vezes o mais barato sai mais caro, e digo isso porque as vezes pagamos mais barato em um material elétrico, mas ele te dá um super problema depois que pode sair muito mais caro.

Por isso a terceira razão pela qual insisto que um eletricista qualificado compre os materiais elétricos pode ajudar o cliente é que, a aquisição de materiais elétricos de maneira correta vai garantir a você maior durabilidade de sua instalação e maior segurança, certeza absoluta.

O eletricista consegue julgar se o material tem a mesma especificação, ou até mesmo se ela for diferente, ele consegue julgar se esta diferença vai interferir na qualidade e segurança da sua instalação.

4º) Se o Eletricista autônomo é o responsável, você não perde tempo

Atualmente, as pessoas têm muitas atividades, muitas coisas para fazerem ao mesmo tempo.

As pessoas tentam abraçar o mundo, mas nem sempre funciona. Quando se está fazendo uma reforma elétrica então… nem se fala.

Será que não vale a pena deixar para que um profissional especializado faça este serviço com mais facilidade e de forma correta? Com certeza o especialista, o eletricista no caso, fará as coisas muito mais rápido e com muito mais efetividade.

Certamente você vai pagar um pouco mais por isso, até porque o eletricista vai ter que ir até a loja para comprar os materiais elétricos para elaborar o orçamento elétrico, ele vai gastar tempo, locomoção, enfim, e ele vai precisar repassar estes custos para o cliente.

Mas será que não vale a pena você evitar uma dor de cabeça a mais, poupar umas horinhas?!

As vezes vale a pena a gente pagar um pouquinho mais para ter um conforto e a certeza de que o seu material elétrico será o adequado para garantir a qualidade e segurança.

Vai pagar um pouco mais (talvez), porém, você economiza tempo e terá um certo conforto com uma instalação elétrica tecnicamente correta e claro, segura, por esta razão faz-se necessário a contratação de um profissional experiente, com conhecimento técnico e de confiança.

Conclusão

Agora com base nas vantagens que te mostrei em ter um eletricista qualificado para comprar seu material elétrico, espero que você cliente ou eletricista, possa pensar melhor e decidir qual a melhor escolha.

Devemos sempre colocar em mente que nem sempre o mais barato é o mais seguro e mais conveniente.

O mais barato pode sair muito mais caro no final! [Normalmente é o que acontece]

Afinal, as vezes compensa mais fazer um investimento em uma tomada de 20A do que ter sua tomada, cabos e equipamento danificados, correto?!

Lembrando também, que é de extrema importância que as manutenções elétricas sejam feitas por eletricistas qualificados. Isso pode te livrar de algumas dores de cabeça indesejadas.

E se você sempre está naquela correria, e não conhece muito bem de materiais elétricos, deixe que o seu eletricista de confiança faça a aquisição dos materiais, assim você economiza tempo, e ainda terá a garantia de uma instalação elétrica segura e de qualidade.

No final das contas, o que vale é uma boa conversa entre o cliente e o eletricista autônomo para alinhar valores, definir quem vai comprar o material elétrico, e as condições em casos de compra errada de material.

Fonte: Extraído Blog Schneider